O regime de bem-estar turco vis-à-vis o brasileiro - pressões, resistências e mudanças comparadas

Autores

  • Potyara Amazoneida Pereira Universidade de Brasília - Brasília (DF)

DOI:

https://doi.org/10.18315/argumentum.v2i2.971

Resumo

Atendendo os editores da Revista Argumentum, do Programa de Pós-Graduação em Política Social da Universidade Federal do Espírito Santo, este artigo resume o conteúdo central do texto de Carlos Soto Iguarán- que trata das pressões contemporâneas, sofridas pelo regime de bem-estar turco - para compará-lo com a realidade, também tensionada, da política social brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Potyara Amazoneida Pereira, Universidade de Brasília - Brasília (DF)

Possui graduação em Serviço Social e em Direito. É mestre e doutora em Sociologia pela Universidade de Brasília (1976 e 1987) e pós-doutora em Política Social pela Universidade de Manchester/UK (1991-1992). Foi professora auxiliar e assistente da Universidade Federal do Pará (1966-1968), assistente e adjunta da Universidade de Brasília (1971-1993) e visitante da Universidade do Estado do Rio de Janeiro- UERJ (2000-2002). Atualmente é professora titular da Universidade de Brasília, liderando o Grupo de Estudos Político-sociais - POLITIZA, registrado no Diretório de Pesquisa do CNPq, e coordenando o Programa de Pós-graduação em Política Social. É coordenadora do NEPPOS/CEAM/UnB, pesquisadora 1B do CNPq e tem experiência nas áreas de Serviço Social e Política Públicas, trabalhando principalmente com os seguintes temas: política social, necessidades humanas, questão social e direitos de cidadania.

Downloads

Como Citar

Pereira, P. A. (2011). O regime de bem-estar turco vis-à-vis o brasileiro - pressões, resistências e mudanças comparadas. Argumentum, 2(2), 271-287. https://doi.org/10.18315/argumentum.v2i2.971

Edição

Seção

Ensaio