América Latina: da desigualdade social à desigualdade econômica

Autores

  • Luiz Jorge V. Pessôa de MENDONÇA Universidade Federal do Espírito Santo

DOI:

https://doi.org/10.18315/argumentum.v0i0.14

Resumo

Demonstra que, se a pobreza na América Latina é explicada pelo tipo de inserção internacional determinado pelo capital, a desigualdade é ampliada principalmente por razões internas ao corpo social. A redefinição das trajetórias de desenvolvimento nunca se concretiza. Pelo contrário, a superexploração da força de trabalho é reproduzida e a modernização da sociedade determina uma inserção no contexto internacional a partir de ideologias, mitos e uma cultura política alheios a sua realidade. No entanto, não se trata de cultivar o nacionalismo cego e exótico. A questão social latino-americana só pode se resolver por meio de uma ruptura com os padrões atuais e os recentes acontecimentos políticos da região parecem apontar nesta direção.

Palavras-chave: América Latina. Desigualdade Social. Desigualdade Econômica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-02-19

Como Citar

MENDONÇA, L. J. V. P. de. (2010). América Latina: da desigualdade social à desigualdade econômica. Argumentum, 78-91. https://doi.org/10.18315/argumentum.v0i0.14

Edição

Seção

Artigos Temáticos