Entrando na roda: capoeira e encruzilhadas metodológicas de uma etnografia em movimento

Autores

  • Menara Lube Guizardi

DOI:

https://doi.org/10.47456/simbitica.v1i3.5491

Resumo

A finalidade deste texto é tecer uma reflexão metodológica sobre a recopilação e interpretação dos aspectos “não discursivos” da comunicação dos coletivos que estudamos. Desde um ponto de vista teórico-argumentativo é muito difícil negar a importância semiótica e sintática da corporalidade na construção social da realidade. Entretanto, quando analisamos as dinâmicas disciplinárias da antropologia, notamos que os significados corporais e sensíveis da vida coletiva ainda se consideram como um tipo de “dado” etnográfico marginal em relação às narrações discursivas facilitadas pelos sujeitos de estudo. Relataremos, então, como nossa etnografia sobre a imigração de brasileiros capoeiristas a Madri, dotou-se de uma perspectiva que tomava a corporalidade não apenas como um elemento reificado, mas como um espaço central de intercâmbios comunicativos: um lócus de encontro entre objetividade e subjetividade.

Abstract: The aim of this paper is develop a methodological debate about the recollection and interpretation of the bodily aspects of the communication of the social groups studied by anthropologists. Since a theoretical point of view is almost impossible to deny the semiotic and syntactic importance of the corporality in building social realities. Nevertheless, the anthropological disciplinary dynamics still marginalizing the bodily and sensitive aspects of social life, considering then less important than the discursive narrative provided by the people the anthropologists study. This paper analyses how my ethnography about the Brazilian capoeiristas migration to Madrid (Spain), considered the corporality not only as a reality in itself, but also as a central space for communicative interexchange: a dimension of social life where objectivity meets subjectivity.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Menara Lube Guizardi

Pesquisadora do Centro de Investigaciones del Hombre en el desierto, Arica, Chile e do Instituto de las Migraciones, Etnicidad y Desarrollo Social, Universidad Autónoma de Madrid, Espanha

a u�` soH�yx�|alguns desafios para uma sociologia crítica atenta a tais processos.

 

Abstract: The current configuration of advanced capitalism puts at its centre a set of dispositions that were in its margins, giving them new meanings. This article seeks to consider the transfer of artistic ethos to the new organizational cultures, highlighting, at the same time, some challenges for a critical sociology attentive to such processes.

 

Resumen: La configuración actual del capitalismo avanzado pone en el centro de un conjunto de disposiciones que estaban en sus márgenes, con ellos. Este artículo pretende considerar la transferencia del ethos artístico a las nuevas culturas organizacionales, destacando, un mismo tiempo, algunos desafíos para una sociología crítica atenta a estos procesos.

Downloads

Publicado

2013-07-01

Como Citar

Guizardi, M. L. (2013). Entrando na roda: capoeira e encruzilhadas metodológicas de uma etnografia em movimento. Simbiótica. Revista Eletrônica, 1(3). https://doi.org/10.47456/simbitica.v1i3.5491

Edição

Seção

Revista Simbiótica