O Shopping Vitória e seus discursos: uma análise do Gourmet Place

Autores

  • Glauber Pinheiro Rocha Universidade Federal do Espírito Santo
  • Flávia Mayer dos Santos Souza Universidade Federal do Espírito Santo

Palavras-chave:

consumo. publicidade. semiótica. shopping center.

Resumo

Neste artigo, buscamos analisar os discursos do Shopping Vitória, o primeiro grande shopping center do Espírito Santo. Para isso, levamos em consideração também outras marcas presentes em seu espaço e tomamos como recorte o Gourmet Place, uma área constituída por diversos restaurantes. Amparados no referencial teórico-metodológico da semiótica discursiva, e em seu desdobramento nos estudos da plasticidade, observamos que os discursos produzidos nesse ponto específico do empreendimento são variados, o que implica diferentes enunciatários. A partir da observação das fachadas dos restaurantes ali alocados, verificamos temáticas e efeitos de sentido que marcam diferenças entre cada um deles. Contudo, tais estabelecimentos também apresentam semelhanças plásticas entre si. Com a análise, concluímos, ainda, que o Shopping Vitória recupera em
seus discursos a dinâmica da cidade: imprime relevância sobre o Gourmet Place e o constitui como um simulacro de espaço público, por meio de figuras – portal, placa de sinalização, toldos, cercas, etc. – que projetam uma imitação de rua ladeada por restaurantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Glauber Pinheiro Rocha, Universidade Federal do Espírito Santo

Mestrando em Comunicacação e Territorialidades em Universidade Federal do Espírito Santo – UFES

Flávia Mayer dos Santos Souza, Universidade Federal do Espírito Santo

Professora orientadora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Territorialidades (Póscom) – Ufes

Referências

BERTRAND, D. Caminhos da semiótica literária. São Paulo: EDUSC, 2003.

PADILHA, V. Shopping center: a catedral das mercadorias. São Paulo: Boitempo, 2006.

PORTAL Grupo Buaiz. História. Disponível em:<https://portalgrupobuaiz.com.br/historia/>. Acesso em: 29 jun. 2019.

______. Shopping Vitória. Disponível em:<https://portalgrupobuaiz.com.br/shopping-vitoria/>. Acesso em: 29 jun. 2019.

REBOUÇAS, M. M. O aprendizado com a semiótica nos permite falar de outra coisa. In: OLIVEIRA, A. C. de (Org.). Do sensível ao inteligível: duas décadas de construção do sentido. São Paulo: OJM Casa Editorial, CPS, Estação das Letras e Cores, 2014.

SARLO, B. Cenas da vida pós-moderna: intelectuais, arte e videocultura. 5 ed. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2013.

SOUZA, F. M. dos S.; PIROLA, M. N B. Marcas de um tempo: entre paisagens, cidade, publicidade e consumo. In: DADALTO, M. G.; REBOUÇAS, M. M. Modos de ser professor de Arte na contemporaneidade. Vitória: EDUFES, 2017.

Downloads

Publicado

2020-06-01