Quem fala sobre as mulheres: Uma abordagem inicial metodológica

Autores

  • Amanda Câmara Pinto Universidade Federal do Espírito Santo
  • Gabriela Santos Alves Universidade Federal do Espírito Santo

Palavras-chave:

Corpolatria, Corpo Feminino, Influenciador Digital

Resumo

O presente resumo expandido visa apresentar um recorte da discussão inicial sobre as mudanças de referências comunicacionais para mulheres, abordando temas como corpolatria, discurso patriarcal, dominância cultural, mito da beleza e influenciadores digitais. Como proposta de pesquisa em andamento, o principal interesse é levantar uma reflexão inicial sobre quem fala sobre o corpo das mulheres nas mídias vigentes atualmente, levando em consideração as novas formas de organização social a partir do advento das redes sociais, dos conceitos teóricos sobre patriarcado, corpolatria e influenciadores digitais é que pretendemos apresentar a discussão inicial, fazendo um comparativo com as revistas ditas femininas e também a mídia tradicional e traçando um parâmetro sobre a abrangência e poder de influência entre cada um desses. Além do mais apresentar de que forma a análise será feita, demonstrando então a metodologia da coleta de dados expondo as fontes em que utilizaremos para comprovar ou refutar as hipóteses da pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Amanda Câmara Pinto, Universidade Federal do Espírito Santo

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Territorialidades (Póscom) – Ufes

Gabriela Santos Alves, Universidade Federal do Espírito Santo

Professora orientadora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Territorialidades (Póscom) – Ufes

Referências

CODO, Wanderley; SENE, Wilson A. O que é Corpo(latria). São Paulo, Editora Brasileinese: 1985.

JAGGAR, Alison M; BORDO, Susan R. Gênero, Corpo, Conhecimento. Rio de Janeiro: Record: Rosa dos Tempos, 1998.

SBARDELOTTO, Moisés. “E o verbo se fez rede” uma análise da circulação do “católico” em redes comunicacionais online. 2016. 496 f. Tese (Doutorado em Ciências da Comunicação) -- Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação, Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), São Leopoldo, 2016. Disponível em: <http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/5366.>

______________, Moisés. Os processos comunicacionais em rede e a emergência do dispositivo conexial. Dispositiva – Revista do Programa de PósGraduação em Comunicação Social da Faculdade Comunicacão e Artes da PUC Minas. 2016. Disponível em:

Downloads

Publicado

2020-06-01