Modos de ser Menina

as ficções sociais na cultura visual e na escola

Autores

  • Larissa Fabricio Zanin CAR-UFES
  • Maria Tereza Aigner Menezes UFES

DOI:

https://doi.org/10.47456/rf.v1i23.32865

Palavras-chave:

Cultura Visual, Leitura de Imagens, Ser Menina, Beleza Feminina, educação

Resumo

Considerando a necessidade de refletir sobre as imagens que nos cercam cotidianamente e como elas constroem modos de ser e estar no mundo, o artigo apresenta reflexões sobre imagens produzidas por meninas durante uma oficina realizada em uma escola municipal do município de Vitória. Partindo do pressuposto teórico da Cultura Visual e de teóricas feministas, apresenta apontamentos sobre as ficções sociais em torno dos modos de ser menina e como essas constroem normatizações de corpos, comportamentos e práticas sociais do universo feminino, por meio das imagens. Aponta, a partir das análises das produções elaboradas por alunas do ensino fundamental, a importância de uma educação para a cultura visual de modo que as nossas práticas do ver sejam transformadas em leituras críticas e interpretativas de si e do mundo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Larissa Fabricio Zanin, CAR-UFES

Possui graduação em Artes Visuais pela Universidade Federal do Espírito Santo (2004) e mestrado em História (2007) e Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Espírito Santo (2012). Atualmente é professor adjunto de fotografia, Tutora do Pet Conexões Cultura e Diretora do Centro de Artes da Universidade Federal do Espírito Santo. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Ensino da Arte,  atuando principalmente nos seguintes temas: Ensino de Arte, Fotografia, Cultura Visual

Maria Tereza Aigner Menezes, UFES

Graduada em Artes Visuais pela Universidade Federal do Espírito Santo. Ex - bolsista do Programa de Educação Tutorial (PET) Conexões Cultura da Universidade Federal do Espírito Santo com pesquisa em Identidades e Visualidades da periferia.

Referências

ADICHIE, Chimamanda Ngozi. Para educar crianças feministas. São Paulo: Companhia das Letras, 2017.

HERNANDEZ, Fernando. Catadores da Cultura Visual: proposta para uma nova narrativa educacional. Porto Alegre: Mediação, 2007.

MARTINS, Raimundo; TOURINHO, Irene. Cultura Visual e Infância: quando as imagens invadem a escola. Santa Maria: Ed. Da UFSM, 2010

NUNES, Luciana Borre. A Cultura Visual nas tramas escolares: a produção da feminilidade nas salas de aula. In: MARTINS, Raimundo; TOURINHO, Irene. Cultura Visual e Infância: quando as imagens invadem a escola. Santa Maria: Ed. Da UFSM, 2010

TAVIN, Kevin; ANDERSON, David. A Cultura Visual nas aulas de arte do Ensino Fundamental: uma desconstrução da Disney. MARTINS, Raimundo; TOURINHO, Irene. Cultura Visual e Infância: quando as imagens invadem a escola. Santa Maria: Ed. Da UFSM, 2010

WOLF, Naomi. O mito da beleza. Rio de Janeiro: Rosa dos Tempos, 2019.

ZANELLO, Valeska. Saúde mental, gênero e dispositivos: cultura e processos de subjetivação. Curitiba: Appris, 2018.

Downloads

Publicado

2021-01-24

Como Citar

Zanin, L. F., & Menezes, M. T. A. (2021). Modos de ser Menina: as ficções sociais na cultura visual e na escola. Revista Farol, 16(23), 71–83. https://doi.org/10.47456/rf.v1i23.32865

Edição

Seção

Seção Temática