Curadoria e Tecnologia, História e Arte

pensando a mediação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47456/rf.v17i24.30467

Palavras-chave:

Curadoria, Tecnologia, História, Arte, Mediação

Resumo

O presente artigo busca pensar a curadoria como uma "primeira mediação" em exposições culturais de Arte e História e o papel do curador para além do sentido stricto sensu da palavra, ou seja, "aquele que cura". Neste contexto, discutimos também o uso de tecnologias nessas exposições e a necessidade de pensar novas formas para uma mediação subjetiva. As informações aqui apresentadas são parte de uma pesquisa exploratória e para tanto, utilizamos a revisão bibliográfica como metodologia principal. Por fim, analisamos como estudo de caso dois exemplos expográficos: “Mundos Invisíveis – Mostra de Arte Científica Brasileira”, realizado no Rio de Janeiro (RJ) em 2018 e "Imanências", realizado em Vitória (ES), em 2017.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Gláucia Oliveira Motta, SEDU/IPAE

Historiadora e Museóloga. Participou do grupo de pesquisa Museologia, Conhecimentos Tradicionais e Ação Social (UNIRIO) e do grupo de pesquisa Estudos Filosóficos em História Antiga e Medieval(UFES). É coautora dos livros Fafi, Praça Costa Pereira, Praça Oito de Setembro, Parque Moscoso e Theatro Carlos Gomes, integrantes da Coleção Vitória em Monumentos II. Bacharel em História pela Universidade Federal do Espírito Santo - UFES. Especialista em Estudos Culturais, História e Linguagens pelo Instituto Superior de Educação Ateneu - ISEAT. Mestre em Museologia e Patrimônio da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO/Museu de Astronomia e Ciências Afins - MAST. Hoje é professora da Secretaria de Estado da Educação - SEDU e integrante do Instituto de Pesquisa Arqueológica e Etnográfica Addam Orssich - IPAE.

Referências

ALENCAR, Valéria Peixoto de. Mediação cultural em museus e exposições de história: conversas sobre imagens/história e suas interpretações. 2015. 190 f. Tese (Doutorado em Artes) - Instituto de Artes, Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”, São Paulo, 2015. Disponível em: < https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/132741/000855938.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em: 15 mai. 2020.

ALVES, Cauê. “A curadoria como historicidade viva”, In: RAMOS, Alexandre Dias (Org.). Sobre o ofício do curador. Porto Alegre (RS): Zouk, 2010. p. 43-57.

BITTENCOURT, José Neves. Mediação, curadoria, museu: uma introdução em torno de definições, intenções e atores. In: JULIÃO, L.; BITTENCOURT, J.N. (Org.). Caderno de Diretrizes Museológicas 2. Belo Horizonte: Secretaria de Estado da Cultura de Minas Gerais, 2008. Disponível em: <http://www.ibermuseus.org/wp-content/uploads/2015/07/Unidad1Texto_Definicao-de-Curadoria.pdf>. Acesso em: 29 jul. 2018.

BOELTER, Valéria. Design de exposição na arte e tecnologia digital: uma prática em construção. In: Estudos em Design - Revista (online), Rio de Janeiro: v. 24, n. 3 [2016], p. 116 – 129. Disponível em: < https://eed.emnuvens.com.br/design/article/view/376/252> . Acesso em 10 mai. 2020.

BRUNO, Maria Cristina Oliveira. Definição de Curadoria: Os caminhos do enquadramento, tratamento e extroversão da herança patrimonial. In: JULIÃO, L.; BITTENCOURT, J.N. (Org.). Caderno de Diretrizes Museológicas 2. Belo Horizonte: Secretaria de Estado da Cultura de Minas Gerais, 2008. Disponível em: <http://www.ibermuseus.org/wp-content/uploads/2015/07/Unidad1Texto_Definicao-de-Curadoria.pdf>. Acesso em: 29 jul. 2018.

COSTA, Gilberto. Memória musical: a hipótese da mediação subjetiva na formação do gosto. 2000. 128 f. Dissertação (Mestre em Comunicação) - Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Universidade de Brasília, Brasília, 2000.

ISRAEL, Karina Pinheiro. Informação e tecnologia nos museus interativos do Contemporâneo. 2011. 19 f. Trabalho de Conclusão (Programa Latu Sensu) - Centro de estudos Latino-Americanos sobre cultura e comunicação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < https://paineira.usp.br/celacc/sites/default/files/media/tcc/285-968-1-PB.pdf>. Acesso em: 15 mai. 2020.

MANOVICH, Lev. Novas mídias como tecnologia e idéia: dez definições. In: LEÃO, Lucia (Org). O chip e o caleidoscópio - reflexões sobre as novas mídias. São Paulo: SENAC SÃO PAULO, 2005. p. 24-50

MONACHESI, Juliana. Para que serve o curador?. 11 mar. 2013. Disponível em: <https://www.select.art.br/para-que-serve-o-curador/>. Acesso em: 29 jul. 2018.

MONTEIRO, Luara. Raiz Forte recebe exposição Imanência. 20 de abril de 2017. Disponível em: <http://www.projetoraizforte.com.br/raiz-forte-recebe-exposicao-imanencia/>. Acesso em: 10 mai. 2017.

PEQUENO, Fernanda. Curadoria: ensaios & experiências. In: Concinnitas. v. 02, n. 21, dez. de 2012. Disponível em: <http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/concinnitas/article/view/12337/9583>. Acesso em: 29 jul. 2018.

Downloads

Publicado

2021-09-21

Como Citar

Motta, A. G. O. . (2021). Curadoria e Tecnologia, História e Arte: pensando a mediação. Revista Farol, 17(24), 152–159. https://doi.org/10.47456/rf.v17i24.30467

Edição

Seção

Artigos