O ambiente expositivo no processo criativo de Janet Cardiff em Forty Part Motet

Autores

  • Walter Costa Bacildo IFES/PPGA-UFES
  • Aparecido José Cirillo FAPES/CNPQ/PPGA-UFES

DOI:

https://doi.org/10.47456/rf.v1i19A.20484

Resumo

Neste artigo apresentamos a importância da ambiente expositivo no processo de criação da obra Forty Part Motet, 2001, de Janet Cardiff, localizada no Instituto Inhotim. Esses elementos são identificados por meio de declarações explícitas e implícitas da artista, em entrevistas, declarações públicas, vídeos e nas observações de seus trabalhos. Informações que são compreendidas como documentos que indicam seu processo criativo ao longo de suas produções.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Walter Costa Bacildo, IFES/PPGA-UFES

Licenciado em Música pela Faculdade de Música do Espírito Santo (2010), Especialista em Informática
na Educação pelo Instituto Federal do Espírito Santo (2013), Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Artes Da Universidade Federal do Espírito Santo (PPGA/UFES). Atualmente é professor efetivo do Instituto Federal do Espírito Santo.

Aparecido José Cirillo, FAPES/CNPQ/PPGA-UFES

Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, é pesquisador do GEPPC/LEENA-UFES; Professor Permanente do Programa de Mestrado em Artes (PPGA/UFES) e do Programa de Mestrado em Comunicação (PPGCS/UFES) e artista plástico.

Referências

ADORNO, T.W. Teoria estética. Tradução: Artur Morão. Editora: Edições 70. Lisboa: 1998 CONFIRMAR ANO DA EDIção
BACHELARD, G; PESSANHA, J. A. M. A poética do espaço. In: BACHELARD, G. A filosofia do não; O novo espírito cientifica; A poética do espaço. São Paulo: Abril Cultural, 1979. p.182-354. (Os Pensadores).
CHRISTOV- BAKARGIEV, C. Janet Cardiff: A survey of works including collaborations with George Bures Miller. Long Island City, N.Y.: P.S. 1 Contemporary Art Center, 2003.
CARDIFF, J. Directions: Janet Cardiff: Words Drawn In Water [Julho de 2005]. Washington: Hirshorn Museum. Entrevista Concedida a Kelly Gordon. Disponível em:< https://hirshhorn.si.edu/explore/directions-janet-cardiff-words-drawn-in-water/ >. Acesso em: 10 abr. 2018.
CARDIFF, J; MILLER, G.B. Pleasure Principals: The Art of Janet Cardiff and George Bures Miller. Border crossings (on-line). Maio, 2001. Entrevista a Meeka Walsh e Robert Enright.Disponível em:<http://bordercrossingsmag.com/article/pleasure-principals-the-art-of-janet-cardiff-and-george-bures-miller>. Acesso em: 18 mar. 2018.
______. Janet Cardiff e George Miller falam com exclusividade. Casa Vogue (on-line). 01set. 2015. Entrevista a Beta
O'DOHERTY, Brian; MCEVILLEY, Thomas. No interior do cubo branco: a ideologia do espaço da arte. São Paulo: Martins Fontes, 2002. 138 p.
SADIE, S. Dicionário Grove de música: edição concisa. Rio de Janeiro: J. Zahar, 1994. p. 623.
SALLES, C. A. Redes da criação: construção da obra de arte. 2. ed. São Paulo: Horizonte, 2008. 176 p.
SALLES, C. A. Arquivos nos processos de criação contemporâneos. ANPAP: 2012. p.750-762. Disponível em:<http://www.anpap.org.br/anais/2012/pdf/simposio5/cecilia_salles.pdf/>. Acesso em: 10 abr. 2018.
WRAY, J. Janet Cardiff, George Bures Miller and the Power of Sound. The New York Times Magazine, 2012. Disponível em:< https://www.nytimes.com/2012/07/29/magazine/janet-cardiff-george-bures-miller-and-the-power-of-sound.html>. Acesso em: 22 maio 2018.


Sites Consultados
CARDIFFMILLER.COM (2017). Disponível em: <http://www.cardiffmiller.com/>. Acesso em: 5 jul. 2017.
Germano.Disponível:<http://casavogue.globo.com/Colunas/Gemada/noticia/2015/09/janet-cardiff-e- george-miller-falam-com-exclusividade.html>. Acesso em: 26 jun. 2017.
INSTITUTO INHOTIM (2017). Disponível em:<http://www.inhotim.org.br/>. Acesso em: 10 ago. 2017.

Downloads

Publicado

2018-08-10

Como Citar

Bacildo, W. C., & Cirillo, A. J. (2018). O ambiente expositivo no processo criativo de Janet Cardiff em Forty Part Motet. Revista Farol, 14(19A), 151–159. https://doi.org/10.47456/rf.v1i19A.20484

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)