Desdobramentos da Recepção Crítica Diante da Abstração Construída de Cícero Dias (1948/1952)

Autores

  • Angela Grando PPGA-UFES

DOI:

https://doi.org/10.47456/rf.v1i12.11272

Resumo

Num período em que a arte brasileira introduzia o debate crítico, em torno das noções de figurativismo e abstracionismo, e organizava a exposição inaugural do Museu de Arte Moderna de São Paulo, o modernista Cícero Dias – único artista brasileiro convidado para participar daquela mostra inaugural – foi responsável por manifestações singulares do Abstracionismo. Discutiremos sobre esse processo construtivo do artista, tanto no contexto de sua recepção crítica como na abordagem de seu espaço pictórico rigorosamente articulado na relação da superfície do quadro integrando-se ao “feito mural”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-11-23

Como Citar

Grando, A. (2014). Desdobramentos da Recepção Crítica Diante da Abstração Construída de Cícero Dias (1948/1952). Revista Farol, 10(12), 109–115. https://doi.org/10.47456/rf.v1i12.11272

Edição

Seção

Artigos