E agora Reagan? O caso Irã-contras nas páginas da revista Veja (1986-1987)

Autores

  • David Anderson Zanoni Universidade de Passo Fundo, doutorando em História

Resumo

Em 1986 um escândalo político internacional abalaria a dita credibilidade do governo Ronald Reagan nos Estados Unidos. Tratava-se da negociação secreta de armas com membros do governo do Irã e o desvio de dinheiro, obtido com a venda das armas, para financiamento das ações do grupo paramilitar da Nicarágua, os contras. O evento foi comparado ao caso Watergate em 1953, no governo de Richard Nixon, quando na ocasião houve a renuncia de Nixon ao cargo de presidente pouco tempo depois. Os desdobramentos deste episódio da recente história política dos Estados Unidos foram noticiados no mundo inteiro, e, propomos neste artigo, a análise dos fatos reportados pela revista semanal Veja, que acompanhou os desdobramentos do processo de investigação acerca dos fenômenos históricos já referidos. A luz do perfil editorial e ideológico do semanário, objetivamos analisar como o periódico noticiou no Brasil o tenso momento político estadunidense.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

David Anderson Zanoni, Universidade de Passo Fundo, doutorando em História

Doutorando em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade de Passo Fundo-RS. Pesquisador da História por meio da imprensa, História do tempo presente, Revolução iraniana de 1979 e relações internacionais EUA x Oriente Médio no século XX.

Referências

CHARAUDEAU, Patrick. O discurso das mídias. Tradução Angela M.S Correa. São Paulo: Contexto, 2013.
COGIOLLA, Osvaldo. A revolução iraniana. São Paulo: Editora UNESP, 2008.
DELGADO, Lucilia de A. Neves; FERREIRA, Marieta de Morais (Org). História do tempo presente. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2014,
LUCA, Tânia Regina de. História dos, nos e por meio de periódicos. In: PINKSY, Carla Bassanesi. Fontes Históricas. São Paulo: Contexto, 2008.
MARTINS, Ana Luiza. Revistas em Revista: Imprensa e práticas culturais em tempos de República. São Paulo: Editora da USP; Fapesp, 2008.
SAID, E. W. Orientalismo: o Oriente como invenção do Ocidente. Tradução de Rosaura Eichenberg. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

Downloads

Publicado

2020-07-15

Edição

Seção

Dossiê “Opinião pública e instituições políticas nos períodos moderno e contempo