Imigrantes portugueses, sociedade comercial e esquemas matrimoniais no Brasil Meridional: o início da trajetória de Agostinho José Pereira Lima no município de Morretes (Província de São Paulo, 1841-1851)

Autores

  • André Luiz Moscaleski Cavazzani
  • Sandro Aramis Richter Gomes Universidade Federal do Paraná

Resumo

O presente artigo comporta uma investigação sobre o processo de inserção do português Agostinho José Pereira Lima (1816-?) no município paulista de Morretes em um recorte temporal que abrange os anos de 1841 e 1851. O objetivo deste estudo é a produção de um conhecimento sobre as formas mais convencionais de absorção e mobilidade social de imigrantes portugueses no extremo sul da Província de São Paulo na primeira metade do século XIX. Neste artigo é realizada a sustentação de três argumentos. Primeiro, compete demonstrar que a inserção de portugueses em município do litoral paulista era frequentemente uma consequência do insucesso do projeto de se enraizar na cidade do Rio de Janeiro. Tal insucesso foi uma experiência compartilhada por portugueses que eram residentes no litoral sul de São Paulo e pertenciam a diferentes gerações. Segundo, é evidenciado que a constituição de vínculos familiares com uma parentela de origem portuguesa foi de importância fundamental para a consolidação do pertencimento de Agostinho Lima naquele município. Terceiro, é demonstrado que a atuação no comercio varejista foi um fator decisivo para Lima manter vínculos sociais com parentelas de origem portuguesa que pertenciam à elite social daquele município.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sandro Aramis Richter Gomes, Universidade Federal do Paraná

Graduado (2009), mestre (2012) e doutor (2017) em História pela Universidade Federal do Paraná.

Referências

REFERÊNCIAS:

BATISTA, Paulo Nogueira. O Consenso de Washington: A visão neoliberal dos problemas latinoamericanos. Disponível em: http://www.consultapopular.org.br/sites/default/files/consenso%20de%20washington.pdf

FERNANDES, Florestan. A Revolução Burguesa no Brasil. Ensaio de uma interpretação sociológica. 5 ed. São Paulo: Globo, 2006.

_______________. Que tipo de República?. São Paulo: Brasiliense, 1986.

_______________. Capitalismo dependente e classes sociais na América Latina. 2 ed. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1975.

_______________. Sociedade de Classes e Subdesenvolvimento. 5 ed. São Paulo: Global, 2008.

IBGE. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua. Agosto/2016. Disponível em: ftp://ftp.ibge.gov.br/Trabalho_e_Rendimento/Pesquisa_Nacional_por_Amostra_de_Domicilios_continua/Mensal/Comentarios/pnadc_201608_comentarios.pdf

PETRAS, J. "Os fundamentos do neoliberalismo", in: Rampinelli, Waldir J. & Ouriques, Nildo D. (orgs.), No fio da navalha – crítica das reformas neoliberais de FHC, 2 ed., São Paulo: Xamã, 1997.

MANDEL, Ernest. O capitalismo tardio. São Paulo: Nova Cultural, 1985

MARINI, Ruy Mauro. Dialética da Dependência. In: TRASPADINI, R; STÈDILE J.P. (orgs) Ruy Mauro Marini: Vida e Obra. -2ed- São Paulo: Expressão Popular, 2011.

____________. Subdesenvolvimento e Revolução. –3ª ed— Florianópolis: Insular, 2012.

OSORIO, Jaime. Padrão de reprodução do capital: uma proposta teórica. In; OSORIO, J. et.al (orgs.) Padrão de reprodução do capital: Contribuições da teoria marxista da dependência. São Paulo, SP. –Boitempo: 2012.

SOUZA,

OXFAN. Uma economia para os 99%. 2017. Disponível em https://www.oxfam.org.br/publicacoes/uma-economia-para-os-99

____________. Privilégios que negam direitos. Desigualdade extrema e captura política na América Latina e no Caribe. 2016. Disponível em: https://www.oxfam.org.br/publicacoes/privilegios-que-negam-direitos

____________. Terrenos da desigualdade. Terra, agricultura e desigualdades no Brasil rural. 2016a Disponível em: https://www.oxfam.org.br/publicacoes/terrenos-da-desigualdade-terra-agricultura-e-desigualdade-no-brasil-rural

SOUZA, Cristiane L. Sabino de. Questão agrária, superexploração e migração temporária: O Vale do Jequitinhonha na dialética do desenvolvimento capitalista dependente. Dissertação de mestrado. Vitória: UFES/PPGPS, 2016.

THALHEIMER, August. Linhas e conceitos básicos da política internacional após a II Guerra Mundial. 1946. Tradução do alemão por: SAP, jan. 2012 Disponível em: http://centrovictormeyer.org.br//wp-content/uploads/2010/04/Linhas-e-conceitos-basicos-da-politica-intern.-apos-a-II-guerra.pdf

TRASPADINI, Roberta S. Questão agrária, imperialismo e dependência na América Latina: a trajetória do MST entre novas-velhas encruzilhadas. Tese de doutorado. Belo Horizonte: UFMG/FAE, 2016

WACQUANT, Loïc. Castigar a los pobres: el gobierno neoliberal de la inseguridad social. Tradução: Margarita Polo. Barcelona: Gedisa, 2010.

Downloads

Publicado

2020-07-15

Edição

Seção

Artigos