Administração pública brasileira e a importância da burocracia como uma dimensão analítica da política social

Autores

  • Thiago Bazi Brandão UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASILIA

DOI:

https://doi.org/10.18315/argumentum.v3i1.929

Resumo

 O presente artigo é fruto de uma revisão teórica sobre burocracia que visa provocar uma reflexão sobre a importância de sua inclusão na análise das políticas sociais, a partir de estudo do fenômeno burocrático na constituição da máquina estatal brasileira em seus períodos históricos. Partimos aqui da definição de política pública e política. Em seguida, realizamos a releitura dos significados de burocracia, especialmente, a partir das contribuições weberianas, de modo a captar as principais características do fenômeno burocrático. Depois tecemos uma discussão histórica sobre as configurações da burocracia brasileira, com destaque para as mudanças que se processaram na dominação tradicional para a dominação racional resultaram em modos específicos de estruturação da organização burocrática brasileira a ser considerados na análise da política social

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Bazi Brandão, UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASILIA

Assistente Social. Doutorando do Curso de Política Social do Departa,mento de Serviço Social da Universidade de Brasília. Docente desde 2008 do Curso de Serviço Social da Universidade Católica de Brasília.

Downloads

Publicado

2011-09-01

Como Citar

Brandão, T. B. (2011). Administração pública brasileira e a importância da burocracia como uma dimensão analítica da política social. Argumentum, 3(1), 138-156. https://doi.org/10.18315/argumentum.v3i1.929

Edição

Seção

Artigos Temáticos