Saber e poder profissional do assistente social no campo sóciojurídico e as particularidades do Poder Judiciário

Autores

  • Rosa Lúcia Prédes Trindade Universidade Federal de Alagoas
  • Ana Cristina Ferreira Soares Universidade Federal de Alagoas

DOI:

https://doi.org/10.18315/argumentum.v3i1.1255

Resumo

O presente trabalho consiste no estudo sobre as particularidades do trabalho do assistente social no campo sociojurídico, identificando especificamente os principais pontos que assinalam a presença e a relação do saber-poder na atuação profissional no referido campo. O assistente social vem sendo requisitado pelas instâncias jurídicas com seu saber-poder a fim de atuar sobre os conflitos sociais que se avolumam, já que as partes conflitantes acionam o judiciário para solucionar tais conflitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosa Lúcia Prédes Trindade, Universidade Federal de Alagoas

Professora da Faculdade de Serviço Social da Universidade Federal de Alagoas, cursos de graduação e de mestrado em Serviço Social. Professora da Residência Multiprofissional do Hospital Universitário UFAL. Doutora em Serviço Social pela UFRJ e pesquisadora sobre trabalho e profissões.

Ana Cristina Ferreira Soares, Universidade Federal de Alagoas

Assistente Social e mestre em Serviço Social pela UFAL

Downloads

Publicado

2011-09-01

Como Citar

Trindade, R. L. P., & Soares, A. C. F. (2011). Saber e poder profissional do assistente social no campo sóciojurídico e as particularidades do Poder Judiciário. Argumentum, 3(1), 220-237. https://doi.org/10.18315/argumentum.v3i1.1255

Edição

Seção

Artigos Temáticos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)