TEMAS GERADORES COMO CONTRIBUIÇÃO METODOLÓGICA PARA A PRÁTICA DOCENTE

Elisandra Brizolla de Oliveira, Geovane da Silva Paixão, Franklin Noel dos Santos, Biágio Sartori Sampaio

Resumo


Em um ensino contextualizado, o currículo escolar está comprometido com a perspectiva de significação dos conceitos diante da realidade vivenciada pelos educandos, relacionando o conhecimento científico ao meio sociocultural. Neste contexto, os temas geradores inspirados na metodologia pedagógica de Paulo Freire sugerem o ensino numa perspectiva transformadora e emancipatória de forma contextualizada e interdisciplinar. Nessa pesquisa, pretende-se identificar e evidenciar as prováveis contribuições do uso da metodologia dos Temas Geradores como a prática educativa na perspectiva de um Currículo contextualizado e interdisciplinar. Para tal foi realizado um breve estudo teórico sobre essa temática, seus pressupostos e diferenciais para a educação relacionando com a prática docente. Foi possível reconhecer essa proposta de ensino como estratégia metodológica que pode permear a prática docente, desafiando a integração das áreas na promoção de aprendizagens significativas que favoreçam a criticidade e consciência da realidade. 


Texto completo:

PDF

Referências


AUTH, M. A. Formação de professores de ciências naturais na perspectiva temática e unificadora. 2002. Tese (Doutor em Educação) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina, fev. 2002

BARROS, J. D’A. O Projeto de Pesquisa em História: da escolha do tema ao quadro teórico. 2ª ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2005.

COSTA, J. M.; PINHEIRO, N. A. M. O ensino por meio de temas-geradores: a educação pensada de forma contextualizada, problematizada e interdisciplinar. Imagens da Educação, v. 3, n. 2, p. 37-44, 2013.

COSTA, M.C. O uso de temas geradores no processo de alfabetização de adultos. Inter-Ação. Goiânia, v. 37, n. 2, p. 417-428, jul./dez. 2012

FREIRE, P. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1999.

________.Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro. Paz e terra, 42 ed. [1987] 2005.

________. Carta de Paulo Freire aos professores. Estudos avançados, São Paulo, v. 15, n. 42 , p. 259-268, 2001.

______. Extensão ou Comunicação? Tradução de Rosisca Darcy de Oliveira. 7. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

GADOTTI, M; FREIRE, P; GUIMARÃES, S. Pedagogia: diálogo e conflito. 4ed. São Paulo: Cortez, 1995.

GADOTTI, M. Convite à leitura de Paulo Freire. 2. ed. São Paulo: Scipione, 1991.

HALMENSCHLAGER . K. R. Abordagem temática no ensino de ciências: algumas possibilidades. Vivências. v.7, n.13: p.10-21, Outubro/2011

HURTADO, C. N. Educar para transformar, transformar para educar: comunicação e educação popular. Petrópolis: Vozes, 1993.

TOZONI-REIS, M. F. C. Temas ambientais como “temas geradores”: contribuições para uma metodologia educativa ambiental crítica, transformadora e emancipatória. Educar, Curitiba. Editora UFPR, n. 27, p. 93-110, 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.