A INFLUÊNCIA DE PÚBLICOS PLURILÍNGUES E PLURICULTURAIS NAS PRÁTICAS DE DOCENTES DE LÍNGUAS-CULTURAS ESTRANGEIRAS

José Carlos Chaves da Cunha, Amanda Teixeira Bastos

Resumo


Neste artigo, investigamos as práticas docentes de línguas-culturas estrangeiras (LE) junto a públicos heterogêneos do ponto de vista linguístico-cultural. Nosso objetivo é aferir em que medida estas práticas são influenciadas pelo contexto plurilíngue e pluricultural de ensino-aprendizagem. Trata-se de uma pesquisa qualitativa cujos dados foram constituídos através de observações de aula de uma turma de Português como Língua Estrangeira e de entrevistas com professores (-estagiários) e alunos da referida turma. Os resultados obtidos apontam que as práticas docentes são influenciadas pela presença em sala de aula de alunos plurilíngues e pluriculturais. Apontam também que os procedimentos metodológicos que levam esses aprendentes de línguas e culturas distintas a interagirem são os mais eficazes.


Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista (Con) Textos Linguísticos


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.