Reconhecimento e cidadania no projeto “Mulheres da Paz”

Carlos Bassani, Maria Eduarda Ota

Resumo


Esse trabalho resulta do acompanhamento do projeto Mulheres da Paz em Porto Alegre, no ano de 2011, por meio de observação direta, de aplicação de questionário e de entrevistas abertas. Buscou-se analisar, no cotidiano dos atores envolvidos no projeto, quais formas de cidadania e reconhecimento se revelaram em seus discursos. Aqui, entendemos cidadania como “um status concedido àqueles que são membros integrais de uma sociedade”, continuamente enriquecido com direitos, obrigações e expectativas normativas que os membros da sociedade se atribuem reciprocamente (MARSHALL, 1967), e reconhecimento como uma “linguagem teórica” para “a reconstrução consistente e a justificação normativa das demandas políticas atuais” (HONNETH, 2003b).


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.