Notas a partir da observação de redes sociais na internet: o “poliamor”

Bianca de Jesús Silva

Resumo


A discussão sobre “poliamor” aqui será indicada a partir de um conceito mínimo, extraído de sites voltados para a temática2 e ancorado no texto de Daniel Cardoso (2010), que aponta-o como: “[...] prática e identidade, no contexto das várias formas de “não-monogamia” responsável, ou ética, ou em consentimento, dependendo da origem da definição..”( CARDOSO, 2010. P.1 ). As colocações encontradas nos sites são próximas do apontamento de Cardoso, mas como visto na passagem, depende da origem de definição e da relação dos indivíduos que estão discutindo. Portanto, como a ideia da investigação se dá no levantamento da semântica construída em três grupos específicos estabelecidos a partir do serviço de rede social da internet “Facebook”. Vamos manter as colocações como conceito mínimo e buscar as suas relações entre liberdade, sexualidade e gênero.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.